Leia também:
X RJ: PM pode ser punida por acabar com festa de traficante

Testemunha afirma ter visto Flordelis agredindo crianças

Filhos também seriam punidos com pimenta na boca e eram obrigados a entregar todo o dinheiro ao casal

Rafael Ramos - 23/06/2020 17h26 | atualizado em 23/06/2020 19h07

Flordelis é acusada de agredir os filhos Foto: Reprodução

Mais revelações sobre a família da deputada federal Flordelis vieram à tona em um novo depoimento dado na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá. Maria Aparecida Limeira, de 69 anos, afirma que trabalhou para Flordelis e Anderson do Carmo no final dos anos 90.

A mulher disse que viu as crianças serem agredidas fisicamente e até serem punidas com pimenta na boca se falassem palavrão. O casal também pegava todo o salário que os adolescentes conseguiam no trabalho.

O depoimento aconteceu no dia 18 de outubro de 2019. Maria Aparecida ajudava a cuidar das crianças e presenciou muitas coisas com as quis não concordava. Ela chegou a deixar um filho aos cuidados da pastora e passou até a frequentar a igreja liderada por Flordelis e Anderson.

A testemunha contou que foi convidada a morar com o casal para ajudar com as crianças. Maria Aparecida levou o marido e a filha e os três também foram juntos quando Flordelis se mudou com a família para Cabo Frio, na Região dos Lagos. No novo endereço, os adolescentes passaram a trabalhar em uma farmácia e enregavam tudo para Anderson do Carmo, “pois o dinheiro era fonte de subsistência para todos da casa”.

A filha de Aparecida também trabalhava na farmácia, mas foi substituída depois ao pedir para ficar com parte do dinheiro. Ao questionar sobre o episódio, ela relata que Flordelis começou a colocar todos na casa contra ela até que um dos filhos adotivos da pastora pediu que Maria Aparecida arrumasse suas coisas para ir embora.

A testemunha também disse que não havia nenhum relacionamento de marido e mulher entre o pastor Anderson do Carmo e Flordelis. A parlamentar denunciou que vem sendo alvo de acusações falsas de pessoas que desejam “conseguir ibope”.

Leia também1 Filho diz que Flordelis tinha taco de beisebol "para bater"
2 "Meu amor segue vivo", diz Flordelis a Anderson do Carmo
3 Morte do pastor Anderson do Carmo completa 1 ano
4 Exclusivo: Flordelis desabafa 1 ano após morte do marido
5 Misael diz que morte do pastor Anderson foi por "ambição"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.