Leia também:
X ‘Jamais abandonaríamos os mais humildes na busca de remédio’

Tarcísio sobre episódio com Vera Magalhães: “Desnecessário”

Candidato ao governo de São Paulo afirmou ainda que a situação envolvendo a jornalista e o presidente Jair Bolsonaro foi diferente

Pleno.News - 15/09/2022 19h09 | atualizado em 15/09/2022 19h30

Tarcísio de Freitas Foto: Alan Santos/PR

O candidato ao governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), voltou a falar sobre o episódio envolvendo o deputado Douglas Garcia (Republicanos) e a jornalista Vera Magalhães, durante o debate na TV Cultura, na última terça-feira (13). Tarcísio, ex-ministro da Infraestrutura, disse que não condenou a crítica do presidente Jair Bolsonaro (PL) a jornalista, durante o debate da Band, da mesma forma que recriminou a atitude do parlamentar porque os contextos eram “absolutamente diferentes”.

– O [presidente] Bolsonaro reagiu a uma pergunta e o deputado foi para o evento e não tinha nada a ver instigar uma jornalista que estava lá trabalhando, cumprindo seu papel. Desnecessário, né? Ele não tinha direito de fazer aquilo – declarou Tarcísio.

A afirmação foi feita em coletiva de imprensa antes de um encontro com lideranças empresariais de quatro associações de transporte de cargas e logística, em São Paulo, nesta quinta-feira (15).

O candidato ao Palácio dos Bandeirantes disse que imaginava que o parlamentar iria “se comportar” no debate.

– Eu podia imaginar que o cara vai abordar uma jornalista com celular no rosto dela? O parlamentar tem instrumentos para pedir esclarecimentos. A TV Cultura é uma empresa estatal, então ele pode entrar com um requerimento de informação, convocar uma CPI, pode convocar no parlamento para prestar esclarecimento. Tem muito instrumento que o mandato lhe oferece para fazer qualquer tipo de cobrança, qualquer tipo questionamento, não é lá, não é daquela forma, totalmente inadequada – opinou.

*AE

Leia também1 Ciro diz que “Lula não tem moral para encarar Bolsonaro”
2 Garcia será investigado por stalking, ameaça e dano emocional
3 SP: MP abre investigação contra o deputado Douglas Garcia
4 Ciro Nogueira: Atirar celular foi 'mil vezes mais grave' que ofensa
5 Moraes manda procuradoria analisar conduta de Garcia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.