Leia também:
X Bolsonaro pode ganhar estátua em município gaúcho

‘Sexta 13’ tem prisões, separação e Silvio Santos internado

Dia famoso pelo "azar" e "mau agouro" foi agitado para os famosos

Gabriela Doria - 13/08/2021 22h24 | atualizado em 13/08/2021 22h27

Roberto Jefferson, Whindersson e Maria Lina, Silvio Santos e Flordelis tiveram dia cheio de más notícias Arte: Pleno.News

Conhecida como um dia “de azar” e de maus agouros, esta sexta-feira (13) foi agitada no Brasil desde as primeiras horas do dia. Com prisões, anúncios de separação e até um ídolo da TV internado com Covid-19, a data foi marcada por más notícias para famosos e seus seguidores. Veja abaixo um resumo do dia:

ROBERTO JEFFERSON PRESO
Por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, foi preso nas primeiras horas desta sexta. Jefferson é investigado no chamado ‘inquérito das milícias digitais’. Ele está preso preventivamente em Bangu 8, no Rio de Janeiro.

WHINDERSSON E MARIA LINA SE SEPARAM
Dois meses após a trágica perda do filho nascido prematuro, o humorista Whindersson Nunes e a influenciadora Maria Lina anunciaram nas redes sociais que não estão mais juntos. Desde a morte do pequeno João Miguel, o ex-casal tem recebido uma onda de apoio nas redes sociais. No entanto, o trauma da morte do primeiro filho parece ter abalado a união dos dois. Ambos afirmam que o rompimento se deu de maneira amigável.

SILVIO SANTOS INTERNADO
Após especulações de que o apresentador Silvio Santos, de 90 anos, estaria infectado com a Covid-19 e internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a família do comunicador usou as redes sociais para confirmar que o veterano realmente está internado para se tratar do vírus. Nos stories de Patrícia Abravanel, no Instagram, as filhas de Silvio assinam um comunicado em que informam que ele está “clinicamente bem”, mas precisa ficar internado por causa de sua idade pela necessidade de exames constantes.

EX-DEPUTADA FLORDELIS PRESA
Um dia após ter o mandato cassado e mais de dois anos após o assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, a ex-deputada federal Flordelis dos Santos foi presa. Ela, que já era ré por supostamente ter mandado matar o marido, estava livre da prisão por causa da imunidade parlamentar. No entanto, após perder o mandato, o Ministério Público e a defesa de Anderson pediram a prisão de Flordelis, e a juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, no Rio de Janeiro, expediu um mandado para que ela fosse presa. Flordelis foi detida em sua casa, mesmo local onde Anderson foi morto, em Pendotiba, em Niterói.

Leia também1 Roberto Jefferson é preso pela PF após determinação de Moraes
2 Whindersson Nunes e Maria Lina anunciam separação
3 Silvio Santos está internado com Covid-19, confirma família
4 Ex-deputada Flordelis é presa após decisão da Justiça do Rio
5 Antes de ser presa, Flordelis fez live e pediu corrente de orações

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.