Leia também:
X Carrefour: Folha utiliza “marido errático” ao falar de João Alberto

Sérgio Mallandro revela ter sido vítima de pirâmide financeira

"Caí na pegadinha do malandro", brincou o humorista

Thamirys Andrade - 23/11/2020 12h30 | atualizado em 23/11/2020 12h33

JJ Invest enganou milhares de pessoas, causando prejuízo de R$ 170 milhões Foto: Divulgação

Sérgio Mallandro revelou ter sido mais uma das vítimas do esquema de pirâmide financeira. Em entrevista ao Fantástico neste domingo (22), o humorista disse que foi contratado pela empresa JJ Invest para fazer shows, sem saber que se tratava de um golpe. “Caí na pegadinha do malandro”, brincou ele.

Assim como milhares de outras vítimas, incluindo celebridades do esporte como Zico e Júnior, Mallandro foi atraído pela JJ por vê-la como patrocinadora de dezenas de clubes de futebol brasileiro, entre eles o Vasco da Gama. O humorista decidiu investir, pois para ele, se tratava de uma empresa muito consolidada. Mas ao receber um relatório sobre o retorno de seus investimentos, levou um susto ao ver a confusão em que havia se metido. “Eu nunca tive retorno”, contou.

A JJ angariava investidores oferecendo retornos muito acima do mercado regular, cerca de 10% a 15% ao mês, enquanto a Selic, taxa de juros do país, está em 2% ao ano. Grande parte dos clientes sequer assinava contratos e depositava diretamente nas contas da empresa ou do dono, Jonas Jaimovick.

Jaimovick estava foragido há um ano antes de ser preso pela Delegacia de Defraudações (DDEF) no dia 9 de novembro. O prejuízo causado pela sua empresa é estimado em pelo menos R$ 170 milhões. Só no Rio de Janeiro, Jaimovick responde a mais de 30 inquéritos. Existem processos contra ele também nos estados de São Paulo, Ceará, Recife e Maranhão.

Leia também1 Alerta: Os dez golpes mais comuns durante a Black Friday
2 Alerta: Saiba como se proteger do 'golpe do entregador'
3 Ministério da Saúde proíbe a venda de 9 marcas de azeite
4 Pandemia: Energia, telefonia e bancos lideram reclamações
5 Governo não prevê prorrogação do auxílio emergencial

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.