Leia também:
X Governo federal alerta para a pior seca em 111 anos

Saúde enviará aparelhos de oxigênio para Norte-Nordeste

Objetivo é auxiliar hospitais com pacientes internados com Covid-19

Pleno.News - 30/05/2021 18h46 | atualizado em 31/05/2021 10h22

5,1 mil concentradores de oxigênio serão enviados ao Norte e Nordeste Foto: Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que enviará 5,1 mil concentradores de oxigênio para auxiliar as unidades de saúde com pacientes internados com Covid-19 no Norte e Nordeste do país. Queiroga se encontra em Pernambuco, estado que, segundo ele, receberá 148 aparelhos até o dia 10 de junho.

– Estamos visitando a região, pois sabemos que há ameaça de colapso no sistema de saúde, sobretudo em função do insumo oxigênio. O ministério já providenciou para essas regiões 5.100 concentradores de oxigênio. Para Pernambuco, serão 148 concentradores – disse o ministro.

FALTA DE OXIGÊNIO
Perguntado se há risco de colapso por falta de oxigênio mesmo após o envio desses concentradores, Queiroga disse que o governo trabalha para que isso não aconteça.

– Só que lidamos com a imprevisibilidade biológica porque esse vírus sofre mutação e pode ter variantes que podem ter comportamento biológico diferente, o que leva pressão maior para o sistema de saúde. Mas as autoridades sanitárias estão empenhadas para que não haja falta de oxigênio – acrescentou.

Queiroga, no entanto, ressaltou que distribuição e logística de oxigênio “é questão complexa”, uma vez que o gás é distribuído não apenas na forma líquida, mas também em cilindros, forma mais comumente adotada nos municípios de menor porte.

– Há carência de cilindros [em municípios], mas estamos apoiando as secretarias municipais de saúde para que não haja falta de cilindros – disse Queiroga ao destacar ser preciso aprimorar a logística para esse tipo de transporte.

*Agência Brasil

Leia também1 Queiroga visita fabricante de oxigênio em Pernambuco
2 CPI: 'Preocupados', governadores enviam carta a Omar Aziz
3 Covid: Rio começará a vacinar população sem comorbidades
4 Jair Bolsonaro culpa lockdown por fome em Araraquara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.