Leia também:
X Ação de deputado contra exigência do passaporte da vacina está parada na Justiça

Queiroga nega narrativa de falta de vacina no Brasil: “Há excesso”

Ministro também criticou quem duvidava do PNI

Pleno.News - 15/09/2021 15h39 | atualizado em 15/09/2021 19h22

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga Fotos: MS/Walterson Rosa

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, rebateu nesta quarta-feira (15) as narrativas de que há falta de vacina contra a Covid-19 no Brasil. A fala se deu no Aeroporto de Guarulhos, em evento que marcou a entrega de mais 1,1 milhão de doses de imunizantes aos estados brasileiros.

Questionado por repórteres sobre a falta do imunizante da AstraZeneca em algumas regiões do país, Queiroga negou a informação.

– Precisa acabar com essas narrativas de falta de vacina. Isso não é procedente. O Brasil vai muito bem. O Brasil já é dos países que mais vacina no mundo – afirmou.

O ministro foi além e garantiu que, no Brasil, há excesso de doses.

– Há excesso de vacina na realidade. O Brasil já distribuiu 260 milhões de doses; 210 milhões já [foram] aplicadas – disse.

Com estes lotes, já foram entregues vacinas suficientes para vacinar 100% da população brasileira com ao menos a primeira dose.

O ministro também criticou quem duvidava do Plano Nacional de Imunização (PNI).

– Esse grupo tem trabalhado firmemente para tornar essa realidade possível. Esse é o Sistema Único de Saúde, o Ministério da Saúde, estados e municípios. Quem duvidava da campanha de vacinação do Brasil é porque não acredita no SUS e, se não acredita no SUS, não acredita na Constituição Federal – declarou Queiroga, ao lado dos ministros Fábio Faria, das Comunicações, Ciro Nogueira, da Casa Civil, e Flávia Arruda, da Secretaria de Governo.

Leia também1 Paulo Guedes: 'Respeito é bom, e todos gostamos da democracia'
2 Saúde já enviou aos estados mais de 260 milhões de vacinas contra Covid-19
3 Homem denuncia paralisia após CoronaVac, e Butantan manda buscar 'SAC'
4 Com Parkinson, Serra garante que irá disputar a reeleição
5 Barroso vai à Rússia observar eleições, cujo voto é impresso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.