PT convoca ato por ‘Lula livre’ mas menos de 500 participam

Protesto aconteceu logo após a sentença da juíza Gabriela Hardt

Pleno.News - 09/02/2019 12h03

Protesto reuniu menos de 500 pessoas em São Paulo Foto: Divulgação

Um protesto que pedia a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizado na quinta-feira (7), reuniu menos de 500 pessoas na frente da sede nacional do partido, em São Paulo.

O ato foi convocado às pressas pelo PT e aconteceu logo após a nova sentença dada ao ex-presidente. O candidato à presidência derrotado, Fernando Haddad, foi um dos que discursaram no carro de som. Deputados do partido também usaram o microfone para criticar a condenação.

Na última quarta-feira (6), a juíza federal Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou Lula a 12 anos e 11 meses de prisão no caso do sítio de Atibaia, em São Paulo.

LEIA TAMBÉM+ Lava Jato já tem novo juiz para assumir lugar de Sérgio Moro
+ Lula foi condenado para não poder ganhar Nobel, diz Gleisi
+ Advogado afirma que Lula está revoltado com sentença


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo