Leia também:
X Barroso: “Criaram lenda de que o Judiciário é contra o presidente”

PRF pede que Wikipédia exclua página sobre diretor da polícia

Ofício enviado pela corporação apontou que conteúdo "tem o viés nitidamente político"

Pleno.News - 14/11/2022 14h37 | atualizado em 14/11/2022 15h00

Silvinei Vasques, da Polícia Rodoviária Federal Foto: Carolina Antunes/PR

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviou um ofício para a Wikipédia pedindo a exclusão da página sobre o diretor-geral da corporação, Silvinei Vasques, e a identificação dos usuários que editaram as informações.

O site Wikipédia funciona como uma enciclopédia digital colaborativa: qualquer pessoa cadastrada pode atualizar o conteúdo do site desde que aponte a fonte das informações.

A página questionada pela corporação cita os processos disciplinares abertos contra Silvinei Vasques e destaca casos que ocorreram na gestão do atual diretor, como as 23 mortes na Vila Cruzeiro, comunidade do Rio de Janeiro, durante uma operação policial da qual a PRF participou em maio, e o assassinato de Genivaldo de Jesus, asfixiado em um camburão da corporação.

O texto também menciona o trabalho da PRF nas eleições e os bloqueios de estradas federais por manifestantes inconformados com a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL). O ofício enviado ao Wikipédia partiu da Diretoria de Inteligência da PRF. O documento afirma que houve “exposição indevida” da corporação e do seu “dirigente máximo”.

– O conteúdo tem o viés nitidamente político e a inserção de informações pejorativas sobre o dirigente da instituição ultrapassa os limites do exercício regular do direito de informar. Evidentemente, o direito à informação não exclui garantias individuais, pois encontra nelas os seus limites, devendo-se atentar ao dever de resguardar direitos – aponta um trecho do ofício.

O pedido da PRF é para que a página seja retirada do ar e que os responsáveis pela edição sejam identificados para “avaliação de eventuais medidas a serem adotadas”.

*AE

Leia também1 Barroso: "Criaram lenda de que o Judiciário é contra o presidente"
2 Área perto do TSE é renomeada no Maps para "Xandãoquistão"
3 Moraes defende regulamentação das mídias, em evento nos EUA
4 Toffoli critica "autoproclamados conservadores", em Nova Iorque
5 Gilmar diz que Constituição não abriga agressão, após ato em NY

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.