Leia também:
X Mulher é morta após criticar traficantes em rede social

Prédio-sede da CUT poderá ser comprado por igreja

Central Única dos Trabalhadores vive crise e se mudará de endereço

Camille Dornelles - 22/11/2018 14h50 | atualizado em 22/11/2018 16h44

Prédio da CUT no Brás será vendido Foto: Folhapress/Eduardo Anizelli

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) anunciou que irá vender o imóvel no qual funciona a sede do movimento no Brás, em São Paulo. A entidade vive crise e irá se mudar de endereço após 23 anos. A negociação, segundo a revista Época, acontece com a Igreja Mundial do Poder de Deus.

O presidente da CUT, Vagner Freitas, confirmou que a entidade irá mudar de endereço e se reinstalar em um imóvel no centro da cidade, de valor mais baixo. A entidade enfrenta reestruturação financeira depois do fim da obrigatoriedade da contribuição sindical pelos trabalhadores.

O prédio do Brás foi colocado à venda em julho e segue em negociação. O imóvel foi avaliado em R$ 40 milhões.

Leia também1 Ministro Barroso: "Lula não é perseguido político"
2 Moro sobre Lula: "O tríplex é apenas a ponta do iceberg"
3 Haddad é denunciado por lavagem de dinheiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.