Leia também:
X Arthur Lira ironiza CPI da Covid: ‘Belíssimo trabalho, imparcial’

Pontos de ônibus são campeões em risco de contágio por Covid

Resultado é apontado por pesquisa da Fiocruz em Recife

Pierre Borges - 01/07/2021 13h22 | atualizado em 15/10/2021 13h04

Pleno.News Foto: Arte/Pleno.News

A Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Recife publicou nesta quarta-feira (30) um estudo indicando que o maior risco de contaminação pela Covid-19 é em terminais de ônibus. Das amostras positivas que foram coletadas pelo Instituto, quase metade delas (48,7%) foram encontradas próximas desses locais, principalmente em corrimões e caixas eletrônicos.

As amostras foram coletadas durante o mês de fevereiro em terminais de passageiros, unidades de saúde, parques públicos, mercados públicos, áreas de praia e centro de distribuição de alimentos. Depois, o exame RT-PCR, considerado padrão ouro para a detecção do coronavírus, foi realizado para identificar casos positivos.

O estudo indicou que o segundo lugar mais propício à contaminação são os arredores de hospitais (26,8%), seguido por parques públicos (14,4%). Mercados públicos e praias foram onde menos amostras positivas do vírus foram encontradas; ambos com uma taxa de 4,1%.

A pesquisa realizou, ato todo, 400 coletas em superfícies tocadas por muitas pessoas ‒ como maçanetas, torneiras, vasos sanitários, interruptores de luz, leitores de biometria, catracas, corrimão de escadas, entre outros. Após o exame, foi constatado que quase 100 delas continham o coronavírus.

Leia também1 Arthur Lira ironiza CPI da Covid: ‘Belíssimo trabalho, imparcial’
2 Vendedor mostra áudio e diz que Miranda tentou negociar vacinas
3 Weber envia à PGR pedido de investigação contra Bolsonaro
4 Dados desatualizados impedem Venezuela de receber vacinas
5 Xi Jinping: "Intimidadores terão cabeças ensanguentadas"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.