Leia também:
X RJ: Carro de Washington Reis, prefeito de Caxias, é alvo de tiros

Políticos LGBTs apresentam denúncia contra Maurício Souza

Grupo quer que publicações sejam excluídas e pede indenização de, no mínimo, R$ 50 mil

Gabriela Doria - 29/10/2021 12h16 | atualizado em 29/10/2021 13h41

Grupo de políticos LGBT entraram no MP com representação contra Maurício Souza Foto: Agência Senado/Waldemir Barreto e Câmara dos Deputados/

Um grupo de 20 políticos LGBTs entraram com uma representação contra Maurício Souza no Ministério Público de Minas Gerais acusando-o de homofobia. A ação foi protocolada por parlamentares lésbicas, gays, bissexuais e transexuais de 13 estados e sete partidos diferentes.

O grupo acusa Maurício de “constranger” a comunidade LGBT e de usar suas redes sociais “há muito tempo” para fazer discursos discriminatórios.

– A discriminação é nítida e direta, porque [é] decorrente da intenção explícita de humilhar e constranger toda a população LGBTQIA+, causando prejuízo no exercício adequado do direito fundamental à cidadania e risco aumentado de violência por discursos como este. […] O senhor Maurício Souza tem usado suas redes sociais há muito tempo para disseminar comentários ofensivos à comunidade LGBTQIA+, direta ou indiretamente – afirmam.

Os parlamentares também acionaram o Facebook a fim de agendar uma reunião para debater sobre os comentários considerados por eles homofóbicos de Maurício no Instagram. Os políticos também querem que a plataforma aperfeiçoe suas ferramentas para combater a violência contra LGBTs em suas redes.

Na representação, o grupo de parlamentares pede que o MP instaure uma ação penal pública contra o atleta por incitação de preconceito e discriminação homotransfóbica. O grupo quer ainda que Maurício pague uma indenização de, no mínimo, R$ 50 mil a título de dano moral coletivo. E, por fim, exige que as publicações de Maurício tidas como homofóbicas sejam excluídas.

Entre os signatários das ações estão o senador Fabiano Contarato (Rede-ES); os deputados Leci Brandão (PC do B-SP), David Miranda (PSOL-RJ), Vivi Reis (PSOL-PA), Fábio Félix (PSOL-DF), Robeyonce Lima (PSOL-PE); e as vereadoras Erika Hilton (PSOL-SP), Monica Benício (PSOL-RJ), Linda Brasil (PSOL-SE), Duda Salabert (PDT-MG), Bella Gonçalves (PSOL-MG), Thabatta Pimenta (Pros-RN) e Benny Briolly (PSOL-RJ).

Leia também1 Em apoio a Maurício Souza, web posta beijo hétero do Superman
2 Maurício vê boom de seguidores: 'Não precisei sambar em cama'
3 No Instagram, número de seguidores de Maurício aumenta
4 Casagrande ataca Maurício: "Mau-caráter e homofóbico"
5 Deputado propõe homenagem a Maurício e cita 'ditadura gay'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.