Leia também:
X Covaxin: PGR pede abertura de investigação contra Bolsonaro

Wizard sobre a CPI: ‘O Senhor lutará por vós, e vós vos calareis’

Empresário se respaldou na Bíblia para usar o direito de ficar calado durante o depoimento

Monique Mello - 02/07/2021 12h02 | atualizado em 02/07/2021 12h33

Carlos Wizard durante sessão da CPI da Covid Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O empresário Carlos Wizard compareceu para depoimento na CPI da Covid na quarta-feira (30) e, de acordo com ele, toda a sua condução na oitiva foi respaldada na Bíblia Sagrada.

Já na chegada ao Senado, o empresário portava um cartão no qual estava escrita a referência bíblica ISAÍAS 41:10, que diz: “Não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”.

Em seu perfil no Instagram, Wizard contou que esse texto das Escrituras estava em seu coração. A Palavra de Deus também teve peso na escolha dele de usar o direito de permanecer em silêncio e não responder as perguntas dos senadores.

– E foi na Bíblia que encontrei resposta de como proceder em meu depoimento: O Senhor lutará por vós, e vós vos calareis (Êxodo 14:14) – escreveu na publicação.

O empresário encerra a publicação defendendo a oração e a Bíblia como fonte de respostas.

– Acredito que, quando oramos, nós falamos com Deus. Quando lemos as Escrituras, Deus fala conosco. Você concorda? – finalizou Wizard.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ᴄᴀʀʟᴏs ᴡɪᴢᴀʀᴅ ᴍᴀʀᴛɪɴs (@carloswizardmartins)

A convocação de Wizard à Comissão se deu pela suspeita de o empresário integrar e financiar o chamado “ministério paralelo”, que teria aconselhado o presidente Jair Bolsonaro sobre a gestão da pandemia na contramão das orientações do Ministério da Saúde.

 

Leia também1 CPI recorrerá de decisão do STF que concedeu silêncio a Wizard
2 Renan provoca Wizard: 'Machões da internet ficam calados na CPI'
3 Mesmo sob silêncio de Wizard, Renan insiste em perguntas
4 PT apela para o STF obrigar Lira a analisar impeachment
5 Covaxin: PGR pede abertura de investigação contra Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.