CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Brasil testará vacina chinesa contra Covid-19 em 6 estados

Wilson Witzel pode ser afastado no final de julho

Governador do Rio de Janeiro vai se reunir com seus advogados e com a cúpula do PSC

Rafael Ramos - 01/07/2020 15h24 | atualizado em 01/07/2020 17h48

Witzel pode deixar o governo do Rio ainda este mês Foto: Reprodução

Ciente da abertura do processo de seu impeachment na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), o governador Wilson Witzel pode ser afastado do cargo ainda neste mês de julho. De acordo com o colunista da revista Época, Guilherme Amado, o relator Rodrigo Bacellar pretende iniciar a contagem do prazo das sessões para votação a partir da próxima semana.

Como a Alerj não terá recesso em julho, caso os deputados votem pelo impeachment, o governador pode deixar o cargo no fim do mês. O tribunal seria formado por cinco deputados e cinco desembargadores.

Witzel terá um reunião com seus advogados, nesta quarta-feira (1º), em Brasília. Ele vai discutir o processo e vai se encontrar com a cúpula do PSC. Mais cedo, o deputado estadual e ex-líder do governo na Alerj, Márcio Pacheco, foi denunciado pela prática de rachadinha.

Leia também1 Ex-líder do governo Witzel é investigado por rachadinha
2 'STF e a democracia emergem fortalecidos', afirma Toffoli
3 Bolsonaro acredita que PL das Fake News "não vai vingar"
4 Governador de Santa Catarina é diagnosticado com Covid-19
5 Carro do comboio presidencial se envolve em acidente

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo