Leia também:
X Maia convoca sessão para homenagear Dias Toffoli

Weintraub relembra ataque sofrido por Bolsonaro

"Óbvio que foram poderosos com interesses ameaçados", disse o ex-ministro da Educação

Pleno.News - 06/09/2020 19h00 | atualizado em 06/09/2020 20h06

Abraham Weintraub Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Neste domingo (6), o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse acreditar que os responsáveis pelo ataque contra o presidente Jair Bolsonaro, ainda candidato em setembro de 2018, foram pessoas poderosas que tiveram seus interesses ameaçados pela eleição.

Ele também usou a #QuemMandouMatarBolsonaro ao publicar, no Twitter, considerações a respeito da facada.

– Óbvio que foram poderosos, com conexões, com dinheiro e interesses ameaçados pela eleição de Jair Bolsonaro – escreveu.

Weintraub destacou ainda que os constantes ataques ao presidente mostram que não há liberdade no país.

– Passados dois anos, eles manifestam seu ódio abertamente. Dois anos que deixam óbvio não sermos mais uma nação livre. Ou há liberdade no Brasil? – declarou.

Publicação do ex-ministro Foto: Reprodução

Leia também1 Eduardo questiona: "Quem mandou matar Bolsonaro?"
2 2 anos após facada, Bolsonaro agradece a Deus por sua vida
3 Atentado a faca sofrido por Bolsonaro completa dois anos
4 Bolsonaro relembra facada e não segura as lágrimas
5 "Briguei contra o mal que estava em andamento"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.