Weintraub crítica “jornalismo prostituído” no Brasil

Ministro da Educação comentou uma reportagem sobre suas férias na Disney

Henrique Gimenes - 14/02/2020 20h14

Ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (14), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, utilizou suas redes sociais para criticar a imprensa. Em sua conta do Twitter, ele publicou uma matéria do portal Uol falando sobre as férias dos ministros do governo Jair Bolsonaro.

A reportagem tem como ponto de partida uma frase do ministro da Economia, Paulo Guedes, que falou sobre a alta do dólar e viagem de empregadas domésticas para a Disney. De acordo com o site, Weintraub teria viajado para lá nas férias de final de ano.

Ao criticar a publicação, o ministro da Educação chamou o veículo de “prostituído” por insinuar que ele não viaja pelo Brasil.

– Vejam exemplo de calhordice: jornaleco dos frias insinua que eu não viajo pelo Brasil. Férias de julho, meus filhos pequenos foram cercados por militantes comunistas covardes em Santarém/Pará. Depois os frias alegam como injusta a imagem do “jornalismo” deles ser prostituído – escreveu.

LEIA TAMBÉM+ PA: Bolsonaro inaugura trecho de rodovia iniciada há 40 anos
+ Glauber Braga é denunciado na Câmara por ofender Moro
+ Bolsonaro: "Caem homicídios, violência e falácias"


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo