Leia também:
X Criminosos invadem igreja e levam dinheiro do dízimo

Web se une e impõe “lockdown na Globo” por 15 dias

Mobilização ganhou apoio do ex-deputado Roberto Jefferson

Rafael Ramos - 22/06/2020 17h41 | atualizado em 22/06/2020 20h55

Revoltados com a postura contrária ao presidente Jair Bolsonaro adotada pela Rede Globo, os apoiadores do governo foram para as redes sociais impor um “lockdown na Globo”. Por meio de um banner compartilhado na web, o ato iniciado nesta segunda-feira (22) convida os brasileiros a deixarem de sintonizar na emissora por 15 dias.

– Vamos ver se o jornalismo “imparcial” da emissora suporta o nosso ataque. Divulgue este protesto!

A mobilização ganhou apoio até de Roberto Jefferson. Apoiador do presidente, o ex-deputado também entrou na mira do inquérito das fake news orquestrado pelo Supremo Tribunal Federal.

– Vamos tornar nossas palavras em atitudes – declarou.

Em outubro, uma reportagem da TV Globo associou o nome de Bolsonaro ao assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. Com a prisão de Fabrício Queiroz, a empresa da família Marinho voltou a atacar o chefe do Executivo na cobertura do Jornal Nacional, que recebeu duras críticas do pastor Silas Malafaia.

– A pergunta que não quer calar! Dezenove deputados, mais de 70 funcionários da Alerj envolvidos na questão da rachadinha. Por que será que só um assessor, o do filho do presidente, foi preso? E os outros? Por que será? – questionou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Outra “bola fora” da Globo aconteceu durante as passeatas em São Paulo do dia 14 de junho. A cobertura da GloboNews chamou de “ato em defesa da democracia”, uma manifestação que pedia, entre outras coisas uma “revolução e ditadura proletárias”.

Leia também1 Malafaia critica Globo sobre divulgação de caso Queiroz
2 Eduardo Bolsonaro critica G1 por insinuação ao terrorismo
3 Globo vê 'democracia' em ato pedindo ditadura de esquerda
4 Emissora dispensa colunista por discurso contra Bolsonaro
5 Sem saber, repórter aparece irritada ao vivo na GloboNews

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.