Leia também:
X Novo vice da Câmara diz que vitória de Bolsonaro é “difícil”

Web se une e avisa que será #BolsonaroNoPrimeiroTurno

Apoiadores do presidente criticaram última pesquisa do DataFolha que apontou larga vantagem para o ex-presidente Lula

Henrique Gimenes - 27/05/2022 17h26 | atualizado em 27/05/2022 17h37

Nesta sexta-feira (27), usuários de redes sociais se uniram para criticar a última pesquisa do instituto DataFolha que mostrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com 48% das intenções de voto. No Twitter, apoiadores do presidente levantaram a #BolsonaroNoPrimeiroTurno e levaram a tag a ser um dos assuntos mais comentados da rede.

Nas publicações, eles publicaram vídeos de apoiadores do presidente nas ruas e elogiaram o “DataPovo”.

Alguns também lembraram de uma pesquisa feita nas eleições de 2018 que apontou uma vitória do então candidato Fernando Haddad. O petista disputou o segundo turno contra Bolsonaro, mas acabou derrotado.

No levantamento divulgado pelo Datafolha no dia 24 de março, Bolsonaro aparecia com 26% contra 43% de Lula. Já na pesquisa revelada nesta quinta (26), Bolsonaro avançou apenas um ponto, alcançando 27%, enquanto o petista subiu cinco pontos, atingindo a marca de 48%. Ou seja, a diferença subiu de 17 para 21 pontos.

Por outro lado, o Ipespe apontou um cenário diferente. Na comparação com a pesquisa divulgada no último dia 25 de março, Bolsonaro cresceu oito pontos percentuais, de 26% para 34%. Lula, por sua vez, subiu apenas um ponto no mesmo período, de 44% para 45%. Com esse resultado, a diferença entre os dois caiu de 18 para 11 pontos.

Leia também1 Novo vice da Câmara diz que vitória de Bolsonaro é “difícil”
2 Fábio Faria ironiza pesquisa realizada pelo Datafolha
3 Bolsonaro encontra Latino e ganha abraço caloroso do artista
4 Jair Bolsonaro fala sobre crise econômica e destaca fé
5 Bolsonaro diz que deu indulto a Silveira para dar exemplo ao STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.