Leia também:
X Câmara aprova cassação de petista que invadiu Igreja

Veja quem são os pastores alvos da PF em ação que prendeu Ribeiro

Gilmar Santos e Arilton Moura são suspeitos de influenciar repasses de verbas do MEC

Pleno.News - 22/06/2022 19h40 | atualizado em 23/06/2022 09h43

Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura
Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura Foto: Catarina Chaves/MEC

Nesta quarta-feira (22), a Polícia Federal (PF) prendeu o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, e ainda dois pastores, Gilmar Santos e Arilton Moura. A investigação trata de um suposto gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC), divulgado pela imprensa em março.

Os dois religiosos são suspeitos de influenciar o repasse de verbas da pasta.

Atuando como pastor há mais de 40 anos, Gilmar dos Santos é líder do Ministério Cristo para Todos e presidente da Convenção Nacional de Igrejas e Ministros de Assembleias de Deus no Brasil Cristo para Todos.

Já Arilton Moura é assessor de assuntos políticos da Convenção Nacional de Igrejas e Ministros das Assembleias de Deus no Brasil. Em 2018, ele chegou a ocupar o cargo de secretário extraordinário para Integração de Ações Comunitárias no governo Simão Jatene, no Pará.

Leia também1 Justiça nega pedido de Ribeiro, e ex-ministro seguirá para Brasília
2 Após prisão de Ribeiro, Randolfe tenta "ressuscitar" a CPI do MEC
3 Weintraub sobre Milton Ribeiro: "Gente errada faz coisa errada"
4 'Comparar corrupção do governo Lula à gestão Bolsonaro é piada'
5 Para defesa, não há "motivo concreto" para prisão de Ribeiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.