Leia também:
X Criança de cinco anos morre após incêndio em apartamento

Van Hattem critica governo por “negociar” com invasores

Deputado comparou tratamento dado pelo governo ao MST com o rigor pedido aos participantes dos atos no DF

Paulo Moura - 06/03/2023 09h25 | atualizado em 06/03/2023 14h01

Deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados

O deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) usou seu perfil no Twitter, neste domingo (5), para criticar o tratamento compreensivo dado pelo governo federal aos grupos que invadiram áreas produtivas da empresa Suzano na Bahia enquanto exige rigor contra pessoas presas pelos atos do dia 8 de janeiro. O parlamentar chamou o caso de “inversão de valores”.

– Enquanto deficiente com laudo médico e auxílio-doença foi preso pelo Alexandre de Moraes [como vi com meus próprios olhos na Papuda] e é chamado de terrorista pelo PT e a imprensa, o MST invade e governo diz que deve “negociar”. País da injustiça e da inversão de valores! – escreveu.

Tuíte de Marcel van Hattem sobre fala do ministro do Desenvolvimento Agrário Foto: Reprodução/Twitter

A indagação do deputado estava relacionada a uma fala do ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, que, em entrevista à CNN Brasil, disse: “Só haverá diálogo se os dois cederem”. A declaração do chefe da pasta federal fazia referência a uma reunião marcada pela pasta com representantes da Suzano e do MST.

Em outro tuíte, o congressista deixou uma mensagem enfática ao atual governo petista ao dizer que “a soberba e a injustiça serão temporárias”. Van Hattem completou dizendo ainda que “a queda será muito mais rápida do que da vez passada”.

– Assumiram o comando de volta e agora querem dar provas que eles é que mandam mesmo. Esqueçam! A soberba e injustiça serão temporárias. Não há mal que dure pra sempre e o povo sabe muito bem tudo o que está acontecendo. A queda será muito mais rápida do que da vez passada!

Tuíte do deputado Marcel van Hattem Foto: Reprodução/Twitter

Leia também1 Criança de cinco anos morre após incêndio em apartamento
2 Após audiência, Justiça mantém prisão de José Rainha
3 FNL ignora denúncias e defende Zé Rainha: "Retaliação"
4 Pedrinho Matador se converteu e foi batizado após deixar prisão
5 Amiga de vereadora morta no CE depõe: "Ela arcava com tudo"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.