Leia também:
X Deputados querem “barrar” ato da Anvisa sobre vacinar crianças

Vacinação de crianças pode começar em janeiro, diz governo

Em nota, Ministério da Saúde informou que irá informar o resultado da consulta pública no dia 5 do próximo mês

Henrique Gimenes - 27/12/2021 20h35 | atualizado em 28/12/2021 10h44

Governo pode iniciar vacinação de crianças em janeiro Foto: EFE/EPA/Jessica Pasqualon

Nesta segunda-feira (27), o governo informou que a vacinação de crianças entre 5 a 11 anos de idade contra a Covid-19 pode começar em janeiro. Em nota, o Ministério da Saúde informou que pretende formalizar sua decisão no dia 5 de janeiro “após ouvir a sociedade”.

A medida ocorre após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar a imunização de crianças nesta faixa etária. No entanto, a vacina que será aplicada será diferente da utilizada em adultos e adolescentes.

De acordo com a Anvisa, menores de 12 anos deverão receber doses com apenas um terço da quantidade aplicada no restante do público. Para isso, a Pfizer deverá produzir frascos diferentes para diferenciar os grupos, sendo usada a cor laranja para crianças e a roxa para adolescentes e adultos.

A consulta pública já está no ar e pode ser responde por meio deste link.

Leia a nota completa:

A recomendação do Ministério da Saúde é pela inclusão das crianças de 5 a 11 anos na Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), conforme posicionamento oficial da pasta declarado em consulta pública no dia 23 de dezembro e reforçado pelo ministro da Saúde em manifestações públicas.

No dia 5 de janeiro, após ouvir a sociedade, a pasta formalizará sua decisão e, mantida a recomendação, a imunização desta faixa etária deve iniciar ainda em janeiro.

Leia também1 Deputados querem "barrar" ato da Anvisa sobre vacinar crianças
2 Bolsonaro: 'Minha filha não vai se vacinar, vou deixar bem claro'
3 Médico pede que Sociedade de Cardiologia expulse Queiroga
4 STF envia pedido de investigação contra Bolsonaro à PGR
5 Noronha: Pousada é interditada após donos recusarem vacina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.