CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Após 20 dias, petroleiros suspendem greve na Petrobras

Usuários defendem PMs do CE e pedem ‘Cid Gomes na cadeia’

Senador foi alvo de boletim de ocorrência por tentativa de homicídio

Gabriela Doria - 20/02/2020 19h56 | atualizado em 20/02/2020 20h20

Após ser baleado por tentar invadir, com uma retroescavadeira, um quartel da Polícia Militar em Sobral, no Ceará, o senador Cid Gomes está enfrentando a ira de internautas. Isto porque usuários de redes sociais estão pedindo a prisão para o senador irmão do ex-candidato a presidente Ciro Gomes.

No Twitter, a hashtag #CidGomesNaCadeia foi o assunto mais comentado na noite desta quinta-feira (20). Internautas apontaram que os PMs que estavam amotinados no agiram em legítima defesa ao tentar impedir que Gomes invadisse o quartel.

Além da reprovação de usuários nas redes sociais, Gomes enfrentará também a lei, já que foi registrado um boletim de ocorrência em que ele é acusado de tentativa de homicídio e dano ao patrimônio público. Os deputados federais Capitão Wagner, Major Fabiana e Capitão Alberto Neto, todos policiais militares, foram os responsáveis por prestar a queixa contra o senador do PDT.

Cid Gomes foi atingido por dois disparos de arma de fogo ao avançar com um retroescavadeira para abrir caminho a um quartel da Polícia Militar onde havia agentes em motim. Ele foi socorrido para o Hospital do Coração da cidade e, assim que saiu da UTI, foi transferido para um hospital em Fortaleza, onde já está na enfermaria.

Leia também1 Bolsonaro autoriza envio das Forças Armadas ao Ceará
2 "Cid Gomes esqueceu que PM defende vida", diz Cabo Sabino
3 Fake! Senador Cid Gomes não morreu baleado em protesto


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo