Leia também:
X Brasil recebe mais 2,1 milhões de vacinas da Pfizer contra a Covid

‘Um deles é parlamentar’, diz Joice sobre suspeito de agressão

De acordo com a deputada, grande parte de seus desafetos é do "governo Bolsonaro atualmente”

Monique Mello - 25/07/2021 19h23 | atualizado em 25/07/2021 19h26

Joice Hasselmann deu entrevista juntamente com o marido Foto: Reprodução

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que, dentre as duas pessoas suspeitas do ataque que teria sofrido em sua casa, uma delas é um parlamentar. Sem citar nomes, a deputada disse que grande parte de seus desafetos é do “governo Bolsonaro atualmente”.

– Eu tenho uma suspeita e passei para a Depol [Departamento de Polícia Legislativa] o nome de uma pessoa, um grande desafeto político, que tem acesso a esse bloco [o prédio onde vive em Brasília] de maneira muito fácil. Passei dois nomes, na verdade – afirmou Joice, ao lado do marido em entrevista coletiva neste domingo (25).

Além dos dois órgãos, Joice afirmou também ter apresentado suas suspeitas ao Ministério Público Federal e à Polícia Civil de São Paulo, que, segundo ela, já investiga ameaças anteriores recebidas por ela.

De acordo com a parlamentar, um dos suspeitos tem fácil acesso ao prédio que ela ocupa em Brasília, e outro já mandou alguns “recados pesados” publicamente.

– Eu sei que um deles [dos suspeitos] tem acesso muito fácil ao prédio. E o outro tem acesso muito fácil aonde quer que ele queira […]O outro é um desafeto que já me mandou alguns recados um pouco pesados e recentemente eu dei uma entrevista em outro estado brasileiro, fazendo críticas muito duras a essa pessoa – declarou.

De acordo com a parlamentar, o suposto ataque que sofrera não é “coisa de amador”.

– Se alguém entrou aqui, não foi coisa de amador. É coisa de profissional – afirmou Joice.

Leia também1 "Jamais agredi ninguém", afirma marido de Joice Hasselmann
2 Joice Hasselmann garante: Quem tentar voltar vai levar tiro
3 'Porca de suéter', diz jornalista holandês sobre goleira do Brasil
4 Bandido tenta assaltar banhista em Ipanema e é morto com tiro
5 Bruna Marquezine aglomera e web reage: 'Quem é o genocida?'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.