Leia também:
X Senado aprova MP que eleva salário mínimo a R$ 1,1 mil

Túlio critica voto impresso e leva invertida de Carla Zambelli

Deputado demonstrou desconhecimento da PEC que tramita na Câmara

Gabriela Doria - 27/05/2021 21h33 | atualizado em 28/05/2021 10h19

Deputados Carla Zambelli e Túlio Gadêlha Foto: Reprodução

O deputado federal Túlio Gadelha (PDT-PE), namorado da apresentadora Fátima Bernardes, levou uma invertida da deputada Carla Zambelli (PSL-SP), no Twitter, ao tentar descreditar o voto impresso auditável. A pauta é defendida pelo governo Jair Bolsonaro como forma de evitar fraudes eleitorais.

Sem tomar conhecimento dos detalhes do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 135/2019, que regulamenta o voto impresso nas eleições, Túlio disse que este método facilitaria a compra de votos.

– Sabem quem também é a favor do voto impresso? Os candidatos que pagam boca de urna – escreveu o deputado.

Já a deputada Zambelli usou o Twitter para corrigir Túlio publicamente.

– Deputado, por favor, vá ler a PEC. Os comprovantes impressos são depositados de forma AUTOMÁTICA e SEM CONTATO MANUAL do eleitor. Ninguém levará o papelzinho para casa – escreveu Carla.

Em seguida, a parlamentar ainda lembrou que o partido de Túlio, o PDT, sempre foi favorável ao voto impresso.

– Seu partido, o PDT, sempre apoiou o voto impresso, e com razão. Pare de desinformar seus eleitores – completou.

Leia também1 TSE: Voto impresso não deve ser implementado em 2022
2 Barroso sobre voto impresso: 'Judicialização das eleições'
3 Para evitar voto impresso, STF já discute reação à mudança
4 Senado quer saber o que o povo pensa sobre o voto impresso
5 Feliciano integra a comissão do voto impresso auditável

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.