Leia também:
X Neymar faz dancinha e pede voto em Jair Bolsonaro

TSE pede retirada de vídeo onde Ciro liga PSOL a Soros

A defesa do presidenciável já entrou com recurso contra a decisão

Leiliane Lopes - 29/09/2022 17h40

Ciro Gomes Foto: EFE/ Joédson Alves

A ministra Maria Claudia Bucchianeri, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a exclusão de vídeos em que o candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) diz que o PSOL recebe apoio financeiro da Open Society Foundation, do bilionário George Soros.

– Quem está financiando essas agendas no Brasil é a [fundação] Open Society, do George Soros. O PSOL é financiado pelo George Soros, aí faz esse discursinho [de minorias] e vai se aliar com o Meirelles, é uma coisa constrangedora – disse o pedetista durante sabatina realizada pelo jornal O Estado de São Paulo na semana passada.

Diante da determinação do TSE, a defesa do ex-governador do Ceará entrou com um recurso alegando que as falas de seu cliente não ultrapassam os limites da liberdade de expressão.

– O contexto, denota-se que os dizeres proferidos por Ciro Gomes não ultrapassaram os limites da liberdade de expressão, porquanto inseridos no âmbito da crítica política, bem com também embasados em fatos noticiados pela mídia, de modo que não se vislumbra ofensa ao bem jurídico tutelado pela lei – justifica o advogado Walber Agra, em manifestação à Corte Eleitoral.

Leia também1 Presidenciáveis encaram último debate na TV nesta quinta-feira
2 Ciro rompe até com o irmão e diz que recebeu 'facada nas costas'
3 Ciro e Lula não participarão de sabatina da Jovem Pan News
4 Lula: “Se Ciro quiser conversar no 2º turno, conversaremos”
5 Em manifesto, Ciro afirma que “nada deterá” sua candidatura

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.