Leia também:
X Dólar à vista termina em alta após nomeação de Mercadante

TSE mantém investigação de Bolsonaro por reunião com embaixadores

Ação apura um suposto abuso de poder por parte do presidente

Pleno.News - 13/12/2022 21h49 | atualizado em 14/12/2022 11h57

Presidente Jair Bolsonaro Foto: EFE/Marcelo Chello

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por unanimidade, manter a ação do PDT que apura suposto abuso de poder por parte do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao convidar embaixadores estrangeiros ao Palácio da Alvorada para criticar o sistema eleitoral, além de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do TSE.

Os ministros confirmaram decisão do corregedor eleitoral, ministro Benedito Gonçalves, que negou duas preliminares propostas pela chapa de Bolsonaro que visavam extinguir o processo antes mesmo da análise do mérito da questão.

Uma delas alegava que o TSE não possuiria competência para julgar a ação porque a reunião não teria, segundo a defesa, caráter eleitoral.

A outra pedia que a TV Brasil entrasse como polo passivo no processo.

A reunião com embaixadores, realizada em 18 de julho, foi transmitida pela TV Brasil e redes sociais. Em 30 de agosto, o TSE determinou a exclusão das postagens.

*AE

Leia também1 Dólar à vista termina em alta após nomeação de Mercadante
2 Lula deve mudar Lei das Estatais para Mercadante ficar no BNDES
3 Em festa, Janja elogia Moraes por seus feitos pela democracia
4 Jovem Pan afasta apresentador que debochou de Moraes
5 “Avaliem minha equipe quando estiver montada”, diz Haddad

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.