Leia também:
X Diretora de escola investigada por maus-tratos está foragida

TSE e Telegram se reúnem nesta quinta para discutir colaboração

Plataforma foi convidada a entrar para o Programa de Enfrentamento à Desinformação do TSE

Thamirys Andrade - 24/03/2022 09h56 | atualizado em 24/03/2022 10h35

Telegram Foto: Pixabay

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Telegram marcaram uma reunião para esta quinta-feira (24) com o objetivo de discutir medidas de combate à desinformação na plataforma. A sessão ocorrerá por volta das 11h, por meio de videoconferência.

Na reunião, será debatida a possibilidade de a empresa entrar para o Programa de Enfrentamento à Desinformação do TSE. Outras plataformas já integram a parceira com a Corte, como o WhatsApp, o Facebook, o Google e o TikTok.

Estarão presentes na sessão a Assessoria Especial de Combate à Desinformação do TSE e representantes do aplicativo. O presidente da Corte, Edson Fachin, não deve participar.

Outros convites oficiais por parte do TSE pedindo uma reunião já haviam sido feitos ao Telegram, mas a empresa não havia respondido a eles. O primeiro ocorreu no dia 16 de dezembro e o segundo em 9 de março. O último ocorreu nessa terça-feira (22) e foi atendido pela plataforma.

O aceite acontece após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinar o bloqueio do aplicativo. A ordem foi suspensa pelo magistrado após a empresa cumprir as exigências da Corte, entre elas, a criação de medidas de combate as fake news.

Leia também1 'Bolsonaro disse que permaneço no cargo', diz Milton Ribeiro
2 “Tentam nos igualar a quem nos antecedeu”, afirma Bolsonaro
3 Randolfe aciona o STF e pede impeachment de Milton Ribeiro
4 Saúde anuncia 4ª dose da vacina contra a Covid para idosos
5 Dallagnol diz que recebeu Pix de apoiadores para 'indenizar Lula'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.