Leia também:
X Senado aprova produção de vacina na indústria veterinária

TRF-4 revoga prisão preventiva do ex-deputado Eduardo Cunha

Por unanimidade, desembargadores atenderam a pedido de habeas corpus da defesa

Gabriela Doria - 28/04/2021 16h00 | atualizado em 28/04/2021 16h31

Ex-deputado Eduardo Cunha Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região decidiu revogar, nesta quarta-feira (28), a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

A partir de agora, o ex-deputado, que estava em prisão domiciliar por causa da pandemia, poderá deixar de usar tornozeleira eletrônica. Ele teve o passaporte retido.

Os desembargadores atenderam, por unanimidade, um pedido de habeas corpus protocolado pela defesa do ex-parlamentar.

A defesa de Cunha celebrou a decisão.

– Finalmente a Justiça começa a ser concretizada – disseram os advogados Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Velloso e Rafael Guedes de Castro, que representam o ex-deputado.

Leia também1 Weintraub: 'Estou disposto a impedir que o Brasil vire a Venezuela'
2 Guedes diz que foi 'infeliz' em comentário sobre China
3 Presidente da CPI da Pandemia: "Essa não irá acabar em pizza"
4 Bolsonaro "detona" CPI: 'Vai fazer Carnaval fora de época?'
5 Deputado critica ação que pode libertar assassino Champinha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.