Leia também:
X Otávio Rêgo Barros, porta-voz da Presidência, tem Covid-19

TRF-4 mantém pena de 17 anos contra Lula por sítio

Decisão foi unânime entre os desembargadores

Gabriela Doria - 06/05/2020 17h05 | atualizado em 06/05/2020 18h23

Sentença de Lula no caso do sítio de Atibaia é mantida Foto: Agência Brasil/Fernando Pozzebom

Em sessão virtual, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), decidiu pela manutenção da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia. Ela havia sido sentenciado a 17 anos de prisão.

Os desembargadores negaram, por unanimidade, todos os recursos apresentados pela defesa do ex-presidente. Em um dos recursos, a defesa pedia a suspensão do julgamento virtual com base no depoimento do ex-ministro Sergio Moro para a Polícia Federal. Eles argumentaram que as informações dadas por Moro são um novo acontecimento que tem relação com o processo contra o petista.

Na mesma sessão, os desembargadores também negaram o pedido para cancelar o julgamento virtual. Os advogados queriam que o julgamento acontecesse presencialmente, para que a defesa pudesse participar. As sessões virtuais são apenas para os desembargadores depositarem seus votos.

– Vamos esperar a publicação dos votos e decidir o recuso que apresentaremos contra essa condenação injusta – disse Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula.

Leia também1 Teich rebate Lula: "Estou ao lado dos brasileiros"
2 TCE investiga governo de SP por compra de respiradores
3 Leia na íntegra o depoimento de Moro para a Polícia Federal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.