Leia também:
X No Rio de Janeiro, Bolsonaro vence em 248 das 249 zonas

TOP 10 propostas de Bolsonaro para acompanhar e cobrar

Novo presidente tomará posse no dia 1º de janeiro em Brasília

Camille Dornelles - 29/10/2018 08h12 | atualizado em 29/10/2018 16h36

Jair Bolsonaro Foto: EFE/Antonio Lacerda

Eleito o 38º presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (PSL) agora precisa trabalhar para cumprir as propostas que apresentou durante sua campanha eleitoral. Seu discurso se pautou bastante no combate à corrupção, recuperação da economia brasileira e oposição às ideologias de partidos de esquerda.

Relembrando outras promessas do presidente eleito e pensando nos interesses de seu eleitorado, o Pleno.News listou dez propostas às quais a população deve ficar atenta para poder cobrar resultados. Confira abaixo.

1. COMBATE À CORRUPÇÃO
Em seu programa, o candidato do PSL diz que deve encaminhar para aprovação no Congresso o texto original das Dez Medidas Contra a Corrupção, projeto de lei de iniciativa popular com o Ministério Público Federal que teve trechos suprimidos na votação na Câmara e que desde 2017 está parado no Senado. Entre as medidas do pacote, estão o aumento das penas para a corrupção de altos valores, a flexibilização de prisões preventivas e a criminalização do caixa dois.

2. REDUÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA E MAIOR OFERTA DE EMPREGOS
Em seu plano de governo, Bolsonaro diz que irá aplicar “gradativa redução da carga tributária bruta brasileira paralelamente ao espaço criado por controle
de gastos e programas de desburocratização e privatização”.

3. MAIOR AUTONOMIA FINANCEIRA PARA ESTADOS E MUNICÍPIOS
Durante a campanha, ele declarou, pelo Twitter, que vai “descentralizar os recursos e dar mais autonomia financeira aos estados e municípios. Além da melhor aplicabilidade, a medida facilita a fiscalização e o combate à corrupção de perto”.

4. PROIBIÇÃO DA IDEOLOGIA DE GÊNERO NAS ESCOLAS
Bolsonaro é contra ideologia de gênero nas escolas. Ele declara que “conteúdo e método de ensino precisam ser mudados”. Em seu plano de governo, diz que Ministério da Educação irá trabalhar por “mais matemática, ciências e português, sem doutrinação e sexualização precoce”.

5. PROIBIÇÃO DO CASAMENTO HOMOSSEXUAL
Durante sua campanha, Bolsonaro se reuniu com dom Orani Tempesta, cardeal católico, a assinou um compromisso para barrar casamento gay. No texto, lê-se que Bolsonaro se compromete a defender “o verdadeiro sentido do matrimônio como homem e mulher”.

6. REFORMA DO SISTEMA PENAL
Bolsonaro afirmou que, quando eleito, iria trabalhar para reduzir a maioria penal para 16 anos. Além disso, também defende o fim da redução de pena. Assim, um criminoso deverá cumprir todos os anos aos quais foi condenado.

7. AUMENTO DA SEGURANÇA
Uma das principais propostas de Bolsonaro foi sobre o combate à violência. S

8. REDUÇÃO DO NÚMERO DE MINISTÉRIOS
Em seu plano de governo, Bolsonaro aponta que uma de suas medidas será “reduzir os 29 ministérios existentes atualmente”. No entanto, ele não esclareceu quais pastas serão eliminadas ou reagrupadas.

9. REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL
Bolsonaro se manteve contra a proposta de reforma apresentada por Michel Temer. Ele declarou, quando ainda era pré-candidato, que iria impo mudanças graduais nas aposentadorias, priorizando o que chamou de “fábrica de marajás”.

10. PROIBIÇÃO DA LEGALIZAÇÃO DAS DROGAS E DO ABORTO
Uma das maiores bandeiras de Jair Bolsonaro é contra a legalização do uso de drogas e também do aborto. O presidente eleito se posiciona favorável à legislação vigente, que permite a interrupção da gravidez apenas em casos de risco à vida da mãe, estupro ou anencefalia.

Leia também1 Casal cria empresa e faz fama com camisetas pró-Bolsonaro
2 Bolsonaro: 'Seguirei na defesa de penas severas a assassinos'

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.