Leia também:
X “Podem criticar o técnico do time, não os meus ministros”

Temos que ter confiança no presidente, afirma Pacheco

Presidente do Senado afirmou que o Congresso seguirá trabalhando com independência

Henrique Gimenes - 17/09/2021 17h58 | atualizado em 17/09/2021 18h51

Presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Foto: Alan Santos/PR

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou, nesta sexta-feira (17), que os “Poderes precisam confiar entre si” e que devemos ter confiança no “presidente da República”.

A declaração foi dada ao ser questionado por jornalistas sobre uma “moderação” do presidente Jair Bolsonaro após as manifestações pelo Dia da Independência.

O senador participou de um seminário na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

– Os Poderes precisam confiar entre si; um precisa confiar no outro. Nós temos que ter confiança no Poder Executivo, no governo, no presidente da República, no papel que ele desempenha nessa estabilidade. Então, nesse momento, nós temos que confiar, sim. E, obviamente, permanecemos dentro dessa linha de busca de pacificação sem afrontar, mas ao mesmo tempo sem deixar de tomar as providências que nós precisamos tomar – destacou.

Pacheco também falou sobre a relação do Congresso com o Poder Executivo e pontuou que o trabalho continuará sendo feito com independência, mas mantendo o diálogo.

– Nós vamos continuar na mesma linha de independência, porque esse é o nosso papel. Agora, independência não significa hostilidade nem significa interrupção do diálogo. Nós continuamos com diálogo, mas com a independência que é peculiar ao Congresso – ressaltou.

Ele, então, citou como exemplo a devolução da Medida Provisória (MP) que alterava o Marco Civil da Internet.

– Não é hostilidade ao presidente da República, ao governo. É fazer o que é certo. É tomada de decisões que o presidente do Congresso tem que tomar, assim como o plenário do Congresso também tem que fazer – apontou.

Leia também1 Pacheco diz esperar sabatina de Mendonça "o quanto antes"
2 "Podem criticar o técnico do time, não os meus ministros"
3 Michelle e Eduardo estarão na comitiva de Bolsonaro à ONU
4 Temer: Conversa entre Moraes e Bolsonaro foi 'muito amigável'
5 Huck revela qual seria seu voto entre Bolsonaro e Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.