Leia também:
X Menino de 9 anos dá facada no pai para defender a mãe

Temer sobre tensão entre STF e Bolsonaro: “Coisa do passado”

Ex-presidente teve participação em nota divulgada por Bolsonaro nesta quinta-feira

Monique Mello - 10/09/2021 14h16 | atualizado em 10/09/2021 15h46

Michel Temer indicou Alexandre de Moraes ao STF Foto: PR/Valdenio Vieira

Nesta quinta-feira (9), o ex-presidente Michel Temer (MDB) disse acreditar que o clima de animosidade entre o presidente Jair Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal (STF) será “coisa do passado”. De acordo com ele, o chefe do Executivo vai se guiar pela “declaração à nação” , divulgada na quinta, na qual afirmou ter “respeito pelas instituições da República”.

– Aquelas frases no estilo “não vou cumprir decisão judicial”, eu acho que, a partir de hoje […], eu sinto que isto é coisa do passado – disse Temer em entrevista à CNN Brasil.

– Ele [Bolsonaro] vai pautar-se por esse documento, por essa declaração que lançou – continuou o político, que teve participação na nota divulgada por Bolsonaro.

– Ao meu modo de ver, este documento que tivemos oportunidade de sugerir, colaborar, é um documento que revela um compromisso dele com a Constituição, com a harmonia entre os Poderes. Faz até uma referência ao ministro Alexandre de Moraes, em face de fala que ele teve durante aquele encontro na Paulista – disse o ex-presidente.

Temer também deu a entender que a estratégia de Bolsonaro é ter argumentos no caso de um dos Poderes não se abrir para o diálogo.

– Se ocorrer, por exemplo, de um dos Poderes dizer “não acredito nele [Bolsonaro], não vai dar certo, nós vamos criticar”. Eu penso que, daí, dá um pretexto para ele dizer que “eu tentei fazer, mas ninguém quer conversa” – apontou Temer.

Leia também1 "Chora mais, esquerda", dispara Zambelli sobre nota do presidente
2 #EuConfioNoPresidente ganha popularidade no Twitter
3 Nunes analisa jogo político de Bolsonaro: 'Não se trata de recuo'
4 'Entendo que estejam chateados, mas calma, sou o chefe da nação'
5 "Tenho vergonha do jornalismo da Globo", dispara Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.