Leia também:
X Irmãos de Toffoli se tornam sócios de resort no Paraná

Temer: Moraes não recuou em conversa com Jair Bolsonaro

Ainda assim, ex-presidente avaliou que tom foi "amigável"

Gabriela Doria - 18/09/2021 13h27 | atualizado em 18/09/2021 14h05

Ex-presidente Michel Temer e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal Foto: PR/Valdenio Vieira

O ex-presidente Michel Temer revelou, nesta sexta-feira (18), que o telefonema entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, transcorreu de forma “amigável”. No entanto, no diálogo que ocorreu um dia após as grandes manifestações do dia 7 de setembro, o ex-presidente apontou que Moraes demonstrou que não irá recuar de sua atuação no tribunal.

Sem entrar em detalhes, Temer fez sua avaliação sobre a conversa entre o presidente e o ministro durante um debate online num fórum sobre liberdade e democracia, em São Paulo.

– Eles conversaram amigavelmente depois que o presidente apresentou um documento em que apenas coloquei alguns tópicos. Percebi uma conversa muito amigável, fraternal e adequada. Sem que o Alexandre recuasse um milímetro daquilo que juridicamente ele faz. Foi uma conversa útil naquele momento para distensionar – disse o ex-presidente.

Michel Temer ganhou os holofotes nas últimas semanas após intervir na crise entre o governo federal e o Judiciário. O ex-presidente foi quem redigiu a carta entregue por Bolsonaro em que ele se diz disposto ao diálogo e defende a democracia. Também foi Temer quem intermediou a conversa entre o presidente e Moraes.

Leia também1 Michel Temer diz que não irá concorrer à Presidência em 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.