Leia também:
X Antes de jantar com Mandetta e Doria, Moro se reuniu com o MBL

Temer desmente que Bolsonaro ligou ‘aos prantos’ para Moraes

'Boato' foi propagado por deputado do PT

Monique Mello - 01/10/2021 11h50 | atualizado em 01/10/2021 12h14

Michel Temer e Jair Bolsonaro Foto: Agência Brasil/Wilson Dias

O ex-presidente Michel Temer desmentiu um boato propagado pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT). Na última quarta-feira (29), o petista disse nas redes sociais que o presidente Jair Bolsonaro foi avisado por Temer que o vereador Carlos Bolsonaro seria preso e, por isso, teria ligado “aos prantos” para o ministro do STF Alexandre de Moraes.

– Bolsonaro foi avisado por Temer que Carluxo seria preso depois do 7 de setembro. O machão, aos prantos, ligou para Alexandre de Moraes, implorando, pedindo perdão, e prometendo “nunca mais” ofender o STF ou seus ministros. Quem assistiu relata a patética e vergonhosa cena – escreveu o parlamentar.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Temer garantiu que se trata de uma “uma mentira absoluta”.

– Não houve uma única palavra sobre qualquer filho do presidente, absolutamente nada – esclareceu Temer.

Segundo ele, a narrativa do deputado petista é “um exagero brutal, uma coisa triste, falsa, desagradável”.

De acordo com Temer, a conversa com Bolsonaro por telefone antes da elaboração da “nota à nação” tinha como objetivo apenas “a distensão que todos queriam” e que teria sido alcançada.

Leia também1 Eduardo Bolsonaro vai processar a Globo por divulgação de dados sigilosos
2 Bolsonaro recebe Lira e Guedes para tratar dos combustíveis
3 Antes de jantar com Mandetta e Doria, Moro se reuniu com o MBL
4 "As coisas feitas pelo governo não são publicadas", diz Garcia
5 'Voltarei a colocar algumas verdades que querem esconder'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.