Leia também:
X Maia e Alcolumbre felicitam Joe Biden e Kamala Harris por posse

‘Tem baile funk acontecendo’, diz Guedes sobre um novo auxílio

Ministro não descarta o rertorno do benefício, mas considera incoerente, já que as pessoas "não estão em casa"

Monique Mello - 20/01/2021 17h22 | atualizado em 21/01/2021 12h03

Para Guedes, retorno do auxílio é última alternativa
Para Guedes, retorno do auxílio é última alternativa Foto: Agência O Globo/Edu Chaves

O ministro da Economia, Paulo Guedes, juntamente com técnicos da pasta não descartam a possibilidade da volta do auxílio emergencial. Entretanto, o retorno é visto como uma das “últimas alternativas” para o que eles apontam como “amplo cardápio de medidas”.

O ministro avalia que a recriação do auxílio emergencial, que custou R$ 294 bilhões aos cofres públicos, seria incoerente. A justificativa é que o funcionamento das cidades está “normal”, diferente de quando foi adotada a medida, no ano passado.

Quando o benefício foi criado, havia paralisação das atividades de serviço e fechamento de comércios. Nas palavras de um auxiliar do ministro, a ajuda foi dada para os trabalhadores informais “não morrerem de fome enquanto estavam em casa”.

Na visão da economia, esse cenário mudou, e as ruas estão movimentadas.

– Tem até baile funk acontecendo. Não vamos dar dinheiro para as pessoas irem para o baile funk – disse o ministro.

Ainda é preciso verificar se o aumento de casos de Coronavírus no país é reflexo do “repique” causado pelas festas de fim de ano ou se realmente é um novo cenário de “segunda onda”.

Guedes já declarou que, caso o país volte a ficar num patamar de muitas mortes diárias por um longo período e novas medidas de restrição tiverem de ser adotadas, de fato ficará difícil não voltar com o benefício.

Leia também1 FMI elogia o Brasil por alcance do Auxílio Emergencial
2 Seguro Desemprego é reajustado e parcelas vão até R$ 1,9 mil
3 "No meu governo não tem aumento de imposto federal"
4 Eduardo: "A economia do Brasil está voltando aos trilhos"
5 Guedes diz que recuperação da economia ocorre na forma de 'V'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.