Leia também:
X Flordelis quer ajuda de detetive famoso da TV americana

TCU nega relatório apontado por Bolsonaro sobre mortes de Covid

Presidente falou sobre documento questionando 50% das mortes pela doença

Henrique Gimenes - 07/06/2021 18h09 | atualizado em 07/06/2021 19h13

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Agência Brasil/José Cruz

Após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que o Tribunal de Contas da União (TCU) possui um relatório questionando o total de mortes por Covid-19 em 2020, o tribunal decidiu se manifestar. Em nota, o TCU disse que não há informações em relatórios do tribunal que confirmem a fala do presidente.

A declaração de Bolsonaro ocorreu mais cedo nesta segunda-feira (7), quando falou a apoiadores sobre a existência de um documento questionando pelo menos 50% das mortas pela doença em 2020.

– Não é meu [o relatório], é do tal Tribunal de Contas da União (TCU), questionando o número de óbitos, no ano passado, por Covid. E ali o relatório final não é conclusivo, mas [cogita que] em torno de 50% dos óbitos [apontados] por Covid no ano passado não foram por Covid, segundo o Tribunal de Contas da União – destacou o presidente.

Bolsonaro ainda disse que a imprensa não deve divulgar a informação.

– Esse relatório saiu há alguns dias. Logicamente que a imprensa não vai divulgar. Eu tenho três jornalistas [com] que eu converso. Já passei para eles e devo divulgar [isso] hoje à tarde. E, como é do Tribunal de Contas da União, não queiram me criticar – ressaltou o mandatário.

Após a declaração, o TCU esclareceu “que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje”.

Leia também1 Bolsonaro: 'TCU questiona 50% de mortes por Covid em 2020'
2 Jair Bolsonaro ironiza agência de checagem após erro sobre o PIB
3 Bolsonaro critica Barroso por ter aceitado petição do PSOL
4 Bolsonaro sobre Copa América: Japão vacinou 3% e fará Olimpíada
5 Bolsonaro sobre Manaus: 'Queria saber cadê Aziz e Eduardo Braga'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.