Leia também:
X Michelle Bolsonaro anuncia fim do Pátria Voluntária: “Gratidão”

Tarcísio vai a velório de Pelé e promete homenagens

Governador de SP citou como exemplo a mudança do nome do Porto de Santos planejada pelo governo Lula

Pleno.News - 02/01/2023 13h02 | atualizado em 02/01/2023 15h18

Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo no velório de Pelé Foto: Leo Franco/ AgNews

Nesta segunda-feira (2), o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas cumpriu sua primeira agenda pública em Santos para se despedir do Rei Pelé. O chefe do Executivo paulista chegou por volta de 11h à Vila Belmiro, onde o velório está sendo realizado, e se dirigiu para a tenda em que está o corpo do Rei do Futebol.

Em contato com a imprensa, Tarcísio disse que vai estudar possíveis homenagens ao Atleta do Século. Ele citou como exemplo a mudança do nome do Porto de Santos planejada pelo governo Lula.

– A gente já viu o governo federal anunciando um acréscimo ao nome do Porto, a estrutura mais importante de Santos, com o nome do Rei Pelé. Vamos pensar, toda homenagem que a gente fizer vai ser singela e insuficiente pelo o que o Pelé fez por nós – falou.

E acrescentou:

– O Brasil deve muito ao Pelé por tudo que ele fez. A forma que ele se posicionou durante a vida inteira. A gente tem o maior jogador de todos os tempos, três das estrelas da camisa da nossa seleção foram colocadas por ele.

Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo, também esteve na cerimônia e revelou a criação do Bolsa Atleta Pelé para 5 mil crianças da capital paulista.

– Hoje a gente tem um bolsa atleta, que começamos agora, e vamos expandir para o Bolsa Atleta Pelé. A gente tem um auxílio de aproximadamente R$750 reais, evidentemente com alguns critérios, com as crianças precisando estar na escola. Vou fazer uma ampliação grande, para pelo menos 5 mil crianças poderem usar o Bolsa Atleta Pelé. A gente vai usar a inspiração do Pelé para essa garotada. Quando você põe um sonho, vindo da periferia, você pode correr atrás do seu sonho, e aqueles que têm habilidade possam desenvolver essa habilidade no esporte – disse.

Claudio Cosme Pereira de Souza, prefeito de Três Corações, cidade onde nasceu o Rei Pelé, afirmou que o município mineiro vai homenagear o Rei em mais um monumento. Ele não quis dar detalhes, mas avisou que a obra foi projetada pelo famoso arquiteto Oscar Niemeyer. Na cidade, já existem o Museu Pelé, a Casa Pelé e uma estátua.

– Pelé não é de Três Corações, é do mundo – ressaltou o prefeito.

Os portões da Vila Belmiro foram abertos às 10h05 (horário de Brasília) para a entrada dos fãs. A maioria dos súditos do Rei do Futebol estão com camisas do Santos, da Seleção Brasileira ou carregando bandeiras e cartazes com dizeres, como forma de homenagear o ídolo.

Os torcedores percorrem um corredor que leva do portão ao centro do gramado do estádio santista onde está o corpo de Pelé. Os fãs param por cerca de 30 segundos no local mais próximo ao caixão. Muitos usam as câmeras dos celulares para registrar o momento. Seguranças instruem as pessoas a prosseguirem com a fila rapidamente, podando parar poucos segundos para fazer registros fotográficos

Autoridades, como os presidentes da Fifa, Gianni Infantino, e da Conmebol, Alejandro Domínguez, além do Ministro do STF Gilmar Mendes, entraram por um portão alternativo e foram acomodados sob a tenda em que está o caixão, ao lado de familiares e ídolos santistas. No local, há algumas dezenas de cadeiras e muitas coroas de flores.

*AE

Leia também1 Gilmar Mendes durante velório de Pelé: "A última lenda viva"
2 Presidente da Fifa quer estádios batizados com o nome de Pelé
3 Lula avalia viajar para Santos e comparecer ao velório de Pelé
4 Edinho, filho de Pelé, posta foto do caixão: "Chegamos em casa"
5 Fotos: Famosos e fãs participam do velório de Pelé em Santos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.