Leia também:
X Aras diz que ‘tem tido conversas’ sobre ser indicado ao STF

Supremo forma maioria para negar habeas corpus a Zé Trovão

Ao todo, cinco ministros já votaram por manter a decisão de Alexandre de Moraes que determinou a prisão do caminhoneiro

Paulo Moura - 18/10/2021 13h28 | atualizado em 18/10/2021 13h48

Caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido pelo apelido Zé Trovão Foto: Reprodução/YouTube

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria nesta segunda-feira (18) pela rejeição de um habeas corpus protocolado pela defesa do caminhoneiro Marco Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, que tentava reverter a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes. Ao todo, cinco dos nove ministros aptos a votar já negaram o pedido.

O ministro Edson Fachin, que é o relator do caso, já tinha negado o pedido. O julgamento que ocorre no plenário virtual (quando ministros apenas depositam os votos no sistema) também recebeu os votos de Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Rosa Weber, todos contrários ao pedido do caminhoneiro.

Apenas nove ministros estão aptos a votar em razão de o habeas corpus apresentado por Zé Trovão questionar uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, o que faz o integrante da Suprema Corte ser impedido de decidir por figurar como uma das partes do processo.

A decisão questionada pelo caminhoneiro foi tomada no último dia 21 de setembro, quando Moraes decidiu indeferir o pedido de revogação da prisão preventiva de Zé Trovão. Na decisão, Moraes disse que Gomes solicitou não apenas a revogação do pedido de prisão, mas também asilo político ao governo do México, onde ele está vivendo.

Leia também1 MPF investiga ministra Damares por gastar abaixo do orçamento
2 Aziz admite atritos com Renan: "Não, não está tudo bem"
3 Médicas transexuais criticam tratamento infantil de gênero
4 Governo chinês quer doutrinar jornalistas ao Partido Comunista
5 Eduardo diz que viagem a Dubai foi paga com recursos próprios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.