Leia também:
X TRF4 confirma pena de dois anos para ex-Polegar Rafael Ilha

Supremo determina apreensão do passaporte de Ricardo Salles

Petição foi assinada por 14 parlamentares

Pierre Borges - 25/06/2021 13h39 | atualizado em 25/06/2021 14h29

Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia determinou nesta sexta-feira (25) que o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles entregue o passaporte à Polícia Federal, o que, na prática, impede que ele saia do país.

A petição foi feita por um grupo de 12 deputados e dois senadores que defendia retenção do passaporte de Salles como uma “medida cautelar” para impedir que ele saia do país sem responder às acusações de que teria favorecido empresários do setor de madeiras, ao modificar regras para regularizar cargas apreendidas no exterior. Segundo a colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, os advogados do ex-ministro informaram que a decisão será cumprida, embora seja desnecessária.

– Uma vez exonerado do cargo de ministro, ele [Salles] não deveria mais estar sob a jurisdição do STF, já que perdeu o foro privilegiado. A politização do Supremo Tribunal Federal é ruim para qualquer um dos lados – diz o advogado Roberto Podval.

Antes da decisão, Cármen Lúcia recebeu da Procuradoria-Geral da República (PGR) um parecer favorável à apreensão do passaporte de Salles, sob o argumento de preservar as investigações.

Salles é investigado por corrupção, advocacia administrativa, prevaricação, facilitação de contrabando e por ter supostamente atrapalhado a apuração da maior apreensão de madeira do Brasil, realizada na Operação Handroanthus.

Leia também1 Após demissão, Ricardo Salles é elogiado por parlamentares
2 Saiba quem é o novo ministro Joaquim Álvaro Pereira Leite
3 Ricardo Salles pede demissão do Ministério do Meio Ambiente
4 OMS: Variante Delta se espalha entre populações vacinadas
5 Bolsonaro volta a se irritar com repórter: 'Volta pra faculdade'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.