Leia também:
X Senadores devem apresentar três relatórios paralelos na CPI

Justiça determina afastamento do governador do Tocantins

Mauro Carlesse também é alvo de buscas em operação da PF realizada na manhã desta quarta

Paulo Moura - 20/10/2021 08h08 | atualizado em 20/10/2021 09h59

Governador do Tocantins, Mauro Carlesse Foto: Governo do Tocantins/Washington Luiz

O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou que o governador do estado do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), seja afastado do governo por um período de seis meses, em razão de uma investigação que apura ilegalidades na administração. No âmbito da ação, a polícia também faz buscas na casa de Carlesse e na sede do governo nesta quarta-feira (20).

O afastamento do gestor estadual é resultado de investigações feitas pela Polícia Federal (PF) sobre irregularidades na administração pública. Segundo a PF, tanto as buscas na casa de Carlesse quanto na sede do governo fazem parte de duas operações simultâneas que investigam pagamento de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores estaduais e à obstrução das investigações.

O objetivo da operação, segundo a polícia, é desarticular uma organização criminosa que supostamente agiu para impedir ou obstruir investigações que apuravam ilícitos relacionados à cúpula do governo estadual. Os inquéritos tramitam sob sigilo na Corte Especial do STJ.

Segundo nota da Polícia Federal, as investigações sobre os supostos ilícitos no governo tocantinense começaram há cerca de dois anos e “reuniram um vasto conjunto de elementos que demonstram um complexo aparelhamento da estrutura estatal voltado a permitir a continuidade de diversos esquemas criminosos comandados pelos principais investigados”.

Leia também1 Senadores devem apresentar três relatórios paralelos na CPI
2 Isolado, Renan recua sobre acusar Bolsonaro de genocídio
3 Lira, sobre Auxílio Brasil: 'Vamos esperar que nasça a proposta'
4 Jair Bolsonaro e presidente da Colômbia assinam sete acordos
5 Cuidadora humilhada ao buscar emprego recebe ofertas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.