Leia também:
X Bolsonaro autoriza atuação das Forças Armadas nas eleições

STF nega recurso, e Jean Wyllys terá que indenizar empresário

Em publicação de 2020, ex-deputado chamou Otávio Fakhoury de "criminoso integrante do gabinete de ódio"

Gabriel Mansur - 12/08/2022 17h32 | atualizado em 12/08/2022 18h07

Jean Wyllys Foto: EFE/Sarah Yánez- Richards

O ex-deputado Jean Wyllys foi condenado a indenizar o empresário Otávio Fakhoury, apoiador do presidente Jair Bolsonaro, em R$ 5 mil. A decisão é do dia 1º de agosto e foi determinada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O ex-presidente da Corte arquivou um recurso da defesa de Wyllys contra Fakhoury sem análise de mérito, considerando apenas questões processuais. O empresário acionou a Justiça de São Paulo em primeira instância após ter sido chamado de “criminoso integrante do gabinete de ódio” por Wyllys, que acabou condenado a indenizar o desafeto.

Além da indenização, Wyllys ainda precisará se retratar publicamente no prazo de cinco dias após a intimação, sob pena de ser multado em R$ 1 mil por dia de descumprimento. Agora, após o despacho, Fakhoury já se movimenta judicialmente para que Jean pague a multa e se retrate publicamente a respeito das declarações.

ENTENDA O CASO
A Justiça de São Paulo condenou Jean Wyllys, no dia 13 de dezembro, ao pagamento de R$ 5 mil em indenização a Otávio Fakhoury, após uma publicação online feita pelo ex-deputado em agosto de 2020. O pedido de Fakohury por um montante de R$ 41,2 mil havia sido recusado em primeira instância.

Os desembargadores da 7ª Turma Cível do Colégio Recursal do TJSP decidiram, por unanimidade, que Wyllys cometeu dano moral ao imputar a Fakhoury o rótulo de “criminoso”, uma vez que ele, hoje dirigente do PTB em São Paulo, não foi condenado num caso criminal.

Leia também1 Esposa de Guilherme de Pádua desmente notícias sobre foto com Michelle Bolsonaro
2 Plano do PCC incluía invasão de presídio por 100 homens
3 Diferença entre Lula e Bolsonaro cai 9 pontos em MG, diz Quaest
4 "Esnobado" pelo partido, Molon arrecada R$ 100 mil em vaquinha
5 Ministro critica ideia do PT de vincular auxílio a vacinas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.