Leia também:
X Weber considera como “grave suspeita” a questão da Covaxin

STF fará sessão em homenagem ao ministro Marco Aurélio

Ministro deixará a Suprema Corte no próximo dia 12 de julho

Paulo Moura - 28/06/2021 14h46 | atualizado em 28/06/2021 14h58

Ministro Marco Aurélio Foto: STF/Nelson Jr

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, decidiu realizar uma sessão de despedida para o ministro Marco Aurélio Mello na próxima quarta-feira (30). O decano da Suprema Corte deixa o colegiado no próximo dia 12 de julho, quando completa 75 anos e será compulsoriamente aposentado do STF.

A princípio, Marco Aurélio deixaria o Supremo Tribunal Federal no dia 5 de julho, uma semana antes de seu aniversário. Porém, este mês, ele decidiu comunicar ao ministro Fux que ficaria no cargo até o dia 12 de julho, quando completa a idade limite para permanecer no serviço público.

Nomeado em 1990 pelo então presidente Fernando Collor de Mello, que é seu primo, Marco Aurélio completou 31 anos de atuação na Corte no último dia 13 de junho. Para o seu lugar, o presidente Jair Bolsonaro prometeu indicar um nome “terrivelmente evangélico”. O principal cotado é o atual advogado-geral da União, André Mendonça.

O STF é composto por 11 ministros. Para integrar a principal corte do país é preciso ser um cidadão brasileiro, ter mais de 35 anos e menos de 65 anos, ter notório saber jurídico e reputação ilibada, sem qualquer acusação ou suspeita.

Leia também1 Weber considera como "grave suspeita" a questão da Covaxin
2 Bolsonaro prevê fraudes em todos os cargos nas eleições 2022
3 Magistrados querem "cota" no Supremo para juízes de carreira
4 CPI da Covid pretende acusar Bolsonaro de prevaricação
5 Entenda o que é prevaricação, crime apontado pela CPI

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.