Leia também:
X Covid: Saúde diz que vacinas da Janssen congeladas são seguras

SP: Grupo entra em confronto com seguranças de metrô

Casos de violência e depredação foram registrados em protesto contra Bolsonaro

Pleno.News - 03/07/2021 22h44 | atualizado em 04/07/2021 00h39

SP: Grupo entra em confronto com seguranças de metrô Foto: Reprodução

Neste sábado (3), um grupo entrou em confronto com seguranças da concessionária ViaQuatro, que administra a linha amarela do metrô de São Paulo. O episódio de violência foi registrado no final do protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No Twitter, a Polícia Militar informou que uma pessoa, que participou da agressão foi localizada.

– Polícia Militar localiza e prende indivíduo que participou da agressão aos agentes de segurança da Estação Mackenzie (agressor carregava capacete utilizado pelo agente) – informou a publicação.

Um post anterior mostra o momento em que um agente de segurança do metrô foi socorrido.

Segundo o UOl, agressores atiraram pedras, entulhos e lixos na direção dos seguranças da estação Higienópolis-Mackenzie.

– A guarnição ficou encurralada em uma das entradas para a estação se protegendo com escudos das pedras, paus e chutes que receberam – relatou a reportagem.

Apesar da chegada de reforço da guarda de seguranças, que tentou ajudar os agentes, eles foram novamente encurralados por cerca de 30 agressores.

Motos e carros da Polícia Militar desceram para reforçar a segurança da estação. Foi então que os agressores fugiram, descendo a Consolação.

Parte do grupo também invadiu a Universidade Mackenzie. Dentro da recepção, teriam sido quebradas máquinas e vidraças.

Leia também1 Agência bancária é incendiada em protesto contra Bolsonaro
2 Eduardo Leite rebate críticas e chama Bolsonaro de 'imbecil'
3 Aécio Neves teme que PSDB "acabe" nas eleições de 2022
4 Maia diz que Lula é favorito em 2022 e se propõe a ajudá-lo
5 STF: Nunes Marques vota contra transferir Adélio para Minas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.