Leia também:
X Saiba quais são os próximos ministros do STF a se aposentar

Socialista, líder do PCO critica Boulos e faz elogio a Bolsonaro

Rui Costa Pimenta disse que o presidente entende psicologia popular dos brasileiros melhor que a esquerda

Pierre Borges - 02/12/2021 13h04 | atualizado em 02/12/2021 13h41

Rui Costa Pimenta
Rui Costa Pimenta Foto: Reprodução/YouTube/Pânico Jovem Pan

O dirigente do Partido da Causa Operária (PCO), Rui Costa Pimenta, criticou nesta quarta-feira (1º) o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ativista Guilherme Boulos, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Além disso, ele disse ainda que o presidente Jair Bolsonaro, do Partido Liberal (PL), “entende melhor a psicologia popular”.

Em entrevista à Jovem Pan News, o socialista acusou os integrantes da atual esquerda brasileira de serem contrários à liberdade de expressão e lembrou que a postura é oposta à adotada pelos militantes durante o período do regime militar.

– Na ditadura militar, toda a esquerda defendia a liberdade de expressão. É um princípio político. [Hoje] apareceu uma circunstância em que a esquerda considera que é mais favorável ser contra a liberdade de expressão – apontou.

Pimenta criticou ainda o governo Lula e o PT, partido do qual foi militante na década de 80, até ser expulso “pelo problema dos acordos com a burguesia”, que disse considerar um “beco sem saída para os trabalhadores”.

– O governo Lula fez algumas reformas importantes, mas você não vai resolver os problemas do país com os donos do país. Você teria que romper. É possível [chegar ao socialismo], em tese, ao fazer reformas políticas e mudar o sistema democrático – afirmou.

Pimenta também criticou o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos. Para ele, Boulos é um político artificial, enquanto o presidente Jair Bolsonaro entende melhor a psicologia popular que a própria esquerda”.

– A eleição é feita pela imprensa. O Moro já está lá. O Doria já está lá. Bolsonaro entende melhor a psicologia popular que a própria esquerda. Ele nada de braçada nessa situação. Guilherme Boulos é um político artificial. Ele não é um genuíno líder popular – declarou.

Sobre as revoluções socialistas implantadas em outros países no decorrer da história, o chefe do PCO disse que, em todos os casos, os países “pararam no meio do caminho” e que nenhum país rico sofreu uma revolução.

– Cuba é um país muito mais pobre que o Brasil; logo, você não vai construir uma sociedade de abundância. A Alemanha oriental era um terço da Alemanha. A União Soviética era um país mais atrasado que o Brasil hoje – disse Pimenta.

Leia também1 Saiba quais são os próximos ministros do STF a se aposentar
2 Moro explica salário de R$ 22 mil e compara com o de Lula
3 Morre a atriz Noemi Gerbelli, diretora na novela Carrossel
4 Ana Maria chama convidado do Mais Você de 'burro' e é criticada
5 Cidade do Rio amplia exigência de comprovante de vacinação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.