Leia também:
X Derrota! STF nega habeas corpus de Aziz, Randolfe e Calheiros

‘Sob nenhuma hipótese, há risco de reeleição de Bolsonaro’

Renan Calheiros afirmou que o presidente está "desesperado"

Pierre Borges - 23/08/2021 14h50 | atualizado em 23/08/2021 15h25

Senador Renan Calheiros Foto: Agência Senado/Leopoldo Silva

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, Renan Calheiros, disse acreditar que Bolsonaro não será reeleito “sob nenhuma hipótese” nas eleições de 2022 e que, por isso, estaria “desesperado”.

– Só a partir do final da CPI vou, mais detalhadamente, tratar desse encaminhamento. Mas avalio que, sob nenhuma hipótese, correremos o risco de ter a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O desespero dele é consequência disso – afirmou Calheiros durante o 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji, em entrevista à jornalista Flávia Oliveira.

O senador alegou que a CPI não tinha a intenção de reduzir a popularidade de Bolsonaro, mas avaliou que a Comissão acabou desempenhando este papel.

– A CPI cumpriu um papel importante nessa erosão de popularidade do governo. Não era isso que pretendíamos, mas vimos, ao longo dos últimos meses, uma completa erosão de popularidade – declarou.

O relator da Comissão ainda disse que o presidente da República faz ameaças por “consequência do desespero”.

– Essa coisa de golpe, ameaça, insinuação, pode continuar a acontecer, mas muito em consequência do desespero do presidente, que, na medida que vê a possibilidade de reeleição evaporar, teme ter de responder penalmente pelo que fez com o país no enfrentamento da pandemia – disse Calheiros.

Leia também1 Derrota! STF nega habeas corpus de Aziz, Randolfe e Calheiros
2 "Momento político de desgaste", diz Mourão sobre pedido de impeachment de Moraes
3 Polêmica entrevista com Sérgio Reis leva Record a ser vice-líder
4 Doria 'alerta' que outros podem ter 'o mesmo destino' do coronel afastado
5 Mourão sobre coronel afastado: 'Sujeito ao regulamento' da PM

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.