Leia também:
X Lula teve proteção de atiradores de elite durante evento no Rio

Silveira chama Moraes de doente e bandido: “Tem que ser preso”

Deputado afirmou que seguirá com candidatura ao Senado, embora TRE o tenha barrado

Thamirys Andrade - 26/09/2022 13h03 | atualizado em 26/09/2022 14h14

Daniel Silveira Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O deputado federal Daniel Silveira (PTB) chamou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, de “bandido” e defendeu que ele deveria estar “internado em uma clínica psiquiátrica à base de diazepam”. As declarações ocorreram em áudio enviado a seus eleitores.

– Alexandre de Moraes é bandido, ele tem que ser preso, tem que ser impichado e preso. Na verdade, tem que estar internado numa clínica psiquiátrica à base de diazepam, porque é um doente, um megalomaníaco – disparou.

Na mensagem, ele garante que seguirá com sua candidatura ao Senado, embora tenha sido barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Para a Corte, o indulto concedido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao parlamentar não se estende à ilegibilidade.

Silveira, por sua vez, afirmou que Moraes desrespeita o decreto do presidente.

– Não pode um ministro do TSE ou do STF desrespeitar o que está escrito em lei e fazer a vontade dele de reizinho não. Esses ministros não mandam no Brasil não. Quem manda é o povo – acrescentou.

Ele também teceu críticas ao senador Romário, que concorre à Casa Legislativa pelo Partido Liberal, legenda do presidente. Segundo Silveira, Romário não lutará contra o “abuso do Judiciário”, e trairá o chefe do Executivo.

Leia também1 Em manifesto, Ciro afirma que “nada deterá” sua candidatura
2 Caetano Veloso grava vídeo contra Ciro: "#TiraGomes"
3 TSE rejeita recurso e mantém proibição de lives no Alvorada
4 Filha de Silvio Santos manifesta apoio a Bolsonaro: "Capitão"
5 Brasil bate recorde de pesquisas de intenção de voto nesta eleição

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.