Leia também:
X CPI da Covid: Advogado da Precisa se torna investigado

Senador revela: CPI tem ‘medo’ de convocar general Braga Netto

Motivo seria uma 'reação armada', diz Alessandro Vieira

Monique Mello - 18/08/2021 14h42 | atualizado em 18/08/2021 15h30

Ministro da Defesa Walter Braga Netto Foto: PR/Isac Nóbrega

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) é um dos que defendem a convocação do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, para depor na CPI da Covid. No entanto, a ideia não é uma unanimidade na Comissão. Segundo Vieira, o motivo seria o “medo” dos senadores de uma “reação armada” dos militares.

– Na CPI tem parlamentares corretos, mas que têm medo de uma reação armada. Quando você chega neste patamar, talvez você já não tenha democracia. Plena, pelo menos, não. Alguns senadores têm receio de motivar uma reação armada com a convocação do Braga Netto – disse Vieira em entrevista ao jornal El País, na terça-feira (17).

Alessandro Vieira na bancada da CPI da Covid Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Vieira defende que o general é peça-chave para explicar o envolvimento de militares na compra de vacinas. O relator da CPI, Renan Calheiros, também é a favor da presença do ministro na CPI. Ainda na terça-feira (17), ao defender sua posição, o senador chegou a dizer que Braga Netto, tem feito um “papel ridículo” no comando da Pasta.

– Seria muito importante que ele viesse não para esclarecer o papel ridículo que tem desempenhado nos últimos meses como ministro da Defesa, mas principalmente para falar sobre o período que passou como coordenador do comitê de enfrentamento da pandemia – apontou.

Mesmo não havendo votos suficientes para a convocação, Vieira garante que há um compromisso do presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), de votar o requerimento

– O senador Omar Aziz se comprometeu comigo a botar pra votar. A gente tem que votar. E aí, se perder, perdeu, paciência. A gente vai explicar para a sociedade que a gente está fazendo a investigação de responsabilidade do governo, mas que não vai ouvir uma autoridade do governo porque o pessoal tem medo de farda, ou do pijama, não sei – declarou.

Leia também1 Petista 'ameaça' Braga Netto de prisão por apoiar voto auditável
2 'Se houvesse ditadura em 1964, muitos não estariam aqui'
3 Braga Netto faz “papel ridículo” na Defesa, diz Renan Calheiros
4 Ministro: Desfile militar foi para Bolsonaro 'prestigiar' as Forças
5 'Forças Armadas trabalham em cima do que está no artigo 142'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.