Leia também:
X Bolsonaro: ‘Doses da vacina da Pfizer chegam em abril’

Senador da Rede vai ao TCU para impedir eventos de Bolsonaro

Fabiano Contarato pediu, por meio de medida cautelar, a proibição imediata da realização de eventos públicos de médio ou grande porte

Paulo Moura - 04/03/2021 14h25 | atualizado em 04/03/2021 15h05

Senador da Rede quer impedir realização de eventos pelo presidente Jair Bolsonaro Foto: José Dias/PR

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), protocolou uma representação na quarta-feira (4), no Tribunal de Contas da União (TCU), em que pede, por meio de medida cautelar, a proibição imediata da realização de eventos públicos de médio ou grande porte pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Além da suspensão dos eventos, Contarato solicitou a adoção de providências, por parte do TCU, para apurar uma suposta ilegalidade dos gastos públicos destinados a custear a realização de eventos públicos desses órgãos, os quais, segundo o senador, estariam contrariando as orientações sanitárias e contribuiriam para a disseminação do coronavírus.

– Não é razoável a realização de eventos, quando não cercados dos devidos cuidados e de estrita obediência às recomendações de autoridade de saúde. Cada evento realizado pelo governo federal tem o potencial de levar à contaminação de dezenas, centenas de pessoas, as quais se tornam, elas próprias, também vetores de disseminação da Covid-19 – alegou Contarato.

Leia também1 Justiça de SP absolve Ricardo Salles em ação por improbidade
2 Dino e Costa vão ao STF para excluir postagem de Bolsonaro
3 Covid-19: Familiares oram de joelhos diante de hospital de SC
4 Papa Francisco diz que irá como "peregrino da paz" para o Iraque
5 Hospital no DF é condenado após confundir AVC com embriaguez

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.