Leia também:
X Teste de Donald Trump aponta negativo para coronavírus

Senador com Covid-19 diz que “abraçou meio Congresso”

Nelsinho Trad integrou a comitiva do presidente Jair Bolsonaro aos EUA

Henrique Gimenes - 14/03/2020 21h36 | atualizado em 15/03/2020 09h07

Senador Nelsinho Trad Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Um dos políticos brasileiros diagnosticados com coronavírus, o senador senador Nelsinho Trad (PSD-MS) informou neste sábado que, antes de saber que estava com Covid-19, “abraçou meio Congresso”. Ele chegou de viagem dos Estados Unidos nesta semana junto com a comitiva do presidente Jair Bolsonaro.

O teste foi realizado após o secretário de Comunicação da Presidência (Secom), Fabio Wajngarten, ter sido diagnosticado com a doença. Ele também integrou a comitiva do governo brasileiro.

Trad participou de uma reunião no Senado na quarta-feira (13) para tratar da crise do coronavírus no país. Em entrevista ao jornal O Globo, o parlamentar explicou a situação.

– Eu abracei meio Congresso. Você entra lá dentro, vindo de uma viagem internacional, e acaba abraçando os caras. A gente gosta deles. Eles gostam da gente. A gente abraça, pergunta como foi [a viagem]. Estive com Rodrigo Maia, com Davi Alcolumbre, com Paulo Guedes, com Mandetta, com Ramos, numa reunião em que falei que deveríamos tomar providência e ter disciplina. Não precisamos esperar morrer um para depois fazer o que tem de fazer – explicou.

O parlamentar disse ter certeza de que pegou a doença do chefe da Secom.

Além de Wajngarten e Nelsinho Trad, outros dois integrantes da comitiva também foram diagnosticados com Covid-19: o futuro embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Forster, e a advogada de Jair Bolsonaro, Karina Kufa.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.