Leia também:
X Dono de bar é executado durante live de pagode no Amazonas

Senado vota ‘Lei Paulo Gustavo’ que visa liberar bilhões à cultura

O texto foi apresentado pela bancada do PT e está na pauta desta terça-feira

Monique Mello - 14/09/2021 14h42 | atualizado em 14/09/2021 15h07

Paulo Gustavo morreu em maio, por complicações da Covid-19 Foto: Reprodução

Quatro projetos estão na pauta da sessão semipresencial deliberativa desta terça-feira (14) no Senado, entre elas a Lei Paulo Gustavo. De autoria do senador Paulo Rocha (PT-PA), o projeto viabiliza ações emergenciais de auxílio à cultura, como a liberação de R$ 4,3 bilhões ao setor até o final de 2022.

O valor, oriundo do Fundo Nacional da Cultura (FNC), deverá ser repassado para estados e municípios distribuírem por meio dos fundos estaduais e municipais de cultura. O relator, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), acatou cinco emendas e apresentou um substitutivo. Uma das emendas, da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), veda o recebimento simultâneo dos auxílios da nova lei e de uma anterior, a Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), que também visava assistência à cultura durante a pandemia.

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 73/2021 já esteve na pauta nas últimas semanas, porém sua votação foi adiada. O nome escolhido é uma homenagem ao ator Paulo Gustavo, que morreu, em maio deste ano, vítima da Covid-19.

 

Leia também1 Facebook tem 'lista VIP' de quem não precisa seguir regras da rede
2 Deputada esquerdista polemiza com vestido no Baile do Met
3 38% dos ativistas anti-Bolsonaro se recusam a protestar com PT
4 Tiago Leifert acusa jornalista de mentir sobre sua saída da Globo
5 'Inquérito das fake news limitou muitos delírios', diz Gilmar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.