Leia também:
X STF arquiva inquérito contra Renan Calheiros e Barbalho

Senado pode chamar presidente do BC para falar sobre juros

Parlamentares decidirão sobre o convite a Roberto Campos Neto na próxima reunião da CAE

Leiliane Lopes - 10/03/2023 22h01 | atualizado em 13/03/2023 11h39

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central Foto: José Cruz/Agência Brasil

Na próxima semana, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) realizará uma reunião deliberativa para votar um requerimento que pede para que o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, explique sobre a taxa de juros Selic que está fixada em 13,75% ao ano.

O requerimento 2/2023 é de autoria do senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) que deseja entender a controvérsia gerada em torno da taxa de juros. Para o parlamentar, quando a taxa de juros é baixa, a economia fica aquecida e gera crescimento econômico.

– Quando a taxa Selic aumenta, o acesso ao dinheiro pela população, tanto por linhas de crédito, empréstimos e financiamentos, fica reduzido. Assim, o consumidor deixa de fazer gastos maiores para poupar no período de alta inflacionária – escreveu Cardoso na justificativa do requerimento.

Os diretores e o presidente do Banco Central definem a taxa de juros por meio das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom). A decisão de aumentar, diminuir ou manter a Selic é tomada de acordo com a avaliação de riscos e oportunidades no cenário macroeconômico.

Leia também1 Comentário de atriz em defesa do aborto causa polêmica
2 Após polêmicas, MC Pipokinha tem três shows cancelados
3 PGR quer fim do afastamento de Ibaneis Rocha do governo do DF
4 Cabral ganha direito de viajar por até oito dias pelo Brasil
5 Homem é preso por estuprar arquiteta durante visita a imóvel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.